sexta-feira, 13 de março de 2009

Embriogênese I

Introdução
A embriogênese é o estudo da formação do embrião,que se inicia com a formação dos gametas masculino e feminino (fecundação) formando o ovo ou zigoto. A partir de então , uma serie de processos irá ocorrer:
• Aumento do número de células mediante sucessivas divisões celulares;
• Diferenciações ou modificações celulares que possibilitam diferentes formas e funções;
• Migrações de células para a formação das diferentes partes do corpo.

O Zigoto
O zigoto ou ovo é uma célula grande, que armazena substâncias nutritivas ou de reserva denominadas lécito ou vitelo. Estas substâncias farão a nutrição do embrião por algum tempo, dependendo da quantidade existente. A quantidade e a distribuição do vitelo variam de acordo com o organismo considerado e dependem inclusive, do tipo de desenvolvimento do embrião.

Tipos de Ovos

Ovos Oligolécitos, Isolécitos ou Alécitos
(Oligo=pouco,iso=igual, a=sem)

São ovos que apresentam pequena quantidade de vitelo distribuída uniformemente no citoplasma celular.
Esse tipo de ovo ocorre nos:
- Mamíferos eutérios (com útero para desenvolvimento completo do embrião), como é o caso dos humanos;
- Poríferos;
- Cnidários;
- Equinodermos;
- Anfioxo.

Ovos Telolécitos Incompletos, Heterolécitos ou Mediolécitos
(Telo=extremidade; hetero=diferente)
São ovos que possuem uma quantidade média ou intermediária de vitelo, distribuída de maneira desigual. Nestes casos, o núcleo celular encontra-se em um dos pólos celulares, juntamente com o bioplasma (porção celular responsável pela formação do embrião), sendo esta região chamada de pólo animal.
Do outro lado, a porção que contém o vitelo é denominada pólo vegetativo.
Ovos Telolácitos incompletos ocorrem em:
- Platelmintos;
- Anelídeos;
- Moluscos;
- Alguns Peixes;
- Anfíbios.

Ovos Telolécitos Completos, Macrolécitos ou Megalécitos
(Macro,mega=grande)
São ovos que apresentam uma grande quantidade de vitelo concentrada no pólo vegetativo, que é a região de reserva de alimentos dos ovos.O núcleo também é periférico ou polar, estando com o bioplasma no pólo animal.
São encontrados:
- Peixes;
- Moluscos Cefalópodes;
- Aves;
- Répteis;
- Mamíferos Monotremos (Ornitorrinco e Équidna).

Ovos Centrolécitos
Ovos típicos dos artrópodes (artro=articulação; podo= pés), apresentam uma grande quantidade de vitelo concentrada no centro da célula, próximo ao núcleo. O citoplasma fica reduzido a uma pequena camada celular periférica.

Segmentação ou Clivagem
A segmentação ou clivagem é a primeira fase do desenvolvimento embrionário. Ocorre logo após a formação da célula-ovo e consiste em uma série de divisões celulares sucessivas até a formação de um aglomerado denominado mórula. Cada uma das células resultantes da mitose recebe o nome de blastômero.
Em seguida, por migração dos blastômeros à periferia, forma-se uma cavidade no interior da mórula, e a estrutura passa então a ser chamada de blástula. O revestimento celular da blástula é a blastoderme, sendo a cavidade a blastocele, que é preenchida por líquidos.
Nos mamíferos eutérios, a blástula chamada, neste caso de blastocisto, apresenta-se revestida de uma camada única de células , denominada trofoblasto, a qual dará origem à parte fetal da placenta, e de um aglomerado de células preso ao trofoblasto internamente, o embrioblasto, o qual originará o embrião.
A segmentação da célula-ovo depende da quantidade de vitelo no citoplasma. Quanto maior a quantidade de vitelo no ovo, maior a dificuldade de divisão e formação de novas células. Consequentemente, existem diferentes tipos de segmentação, de acordo com o tipo de célula-ovo considerada.

Segmentação Holoblástica
(Holos= total)
A segmentação é holoblástica quando o ovo divide-se totalmente. Pode ser:
- Holoblástica Igual, se os blastômeros resultantes da clivagem forem do mesmo tamanho.
A segmentação holoblástica igual ocorre nos ovos oligolécitos, por possuírem o vitelo distribuído uniformemente pela célula, permitindo a formação de células de mesmo tamanho.
- Holoblástica Desigual, se os blastômeros forem de tamanhos diferentes. Neste caso os blastômeros menores são os micrômeros e resultam de divisões ocorridas no pólo animal, enquanto os maiores, os macrômeros, resultam de divisões no pólo vegetativo.
Ocorre nos ovos Telolécitos incompletos, como dos anfíbios.

Segmentação Meroblástica
(meros=parcial)
Aclivagem é meroblástica quando o ovo se segmenta parcialmente, conseguindo originar células a partir somente do pólo animal. Pode ser dos tipos: discoidal ou superficial.
- Merobástica Discoidal: Ocorre nos ovos Telolécitos completos, como nas aves. Apenas o pólo animal sofre divisões, e a região onde está o vitelo não se divide.
- Meroblástica Superficial: Ocorre na região periférica do ovo. É típica dos ovos centrolécitos dos artrópodes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário